Baixou o preço
R$ 5,40 R$ 9,90
Recomendada pela ONU, UNICEF e OMS (Organização Mundial da Saúde) pelas suas propriedades nutritivas, e tem suas origens na Índia e no Norte da África. Com mais de 90 nutrientes e 46 antioxidantes diferentes a moringa oleífera é uma das fontes naturais mais ricas de vitaminas e minerais e merece ser chamada de “árvore da vida”.
As razões para o incluir a moringa oleífera na nossa dieta são muitas. Apesar de ser ainda um tanto desconhecida, no Brasil, essa árvore originária da Índia e de certas zonas do norte de África é uma verdadeira fonte de saúde. Suas folhas, raízes, flores e sementes um aporte de propriedades medicinais, antibacterianas, antioxidantes e mineralizantes que vale a pena ter em conta.

Potencial Nutritivo

Encontrar um alimento que sozinho contenha mais de 92 nutrientes, além de:

mais Vitamina A que a cenoura
mais Cálcio que o leite
mais Ferro que o espinafre
mais Vitamina C que a laranja
mais Potássio que a banana pode parecer mentira.
Pode até parecer mentira, mas não é.

O mais impressionante?

Em estudo publicado pela Congent Food and Agriculture Journal em 2006, a análise da farinha da moringa oleífera demonstrou ser tanto uma fonte riquíssima de proteínas e carboidratos, como possuir a presença de todos os aminoácidos essenciais.

Não fosse o bastante, esta “simples” árvore ainda contém 46 antioxidantes, Ômega 3, 6 e 9 e um total de 36 propriedades anti-inflamatórias.

A isso, adicione quantidades consideráveis de:

Vitamina B1, B2, B3, B6
Magnésio
Fósforo
Zinco

Ação Antioxidante

À medida que nós envelhecemos, nosso organismo começa a liberar mais radicais livres que geram um estresse oxidativo em nosso corpo. Esse estresse oxidativo pode levar a doenças degenerativas como Alzheimer, Parkinson e ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) – além de facilitar o desenvolvimento de um câncer, inclusive.

Em pesquisa conjunta da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, foi descoberta a capacidade da planta no combate desses radicais livres, impedindo a proliferação destas doenças, além de ainda ajudar na prevenção e controle do câncer.

A planta moringa oferece uma mistura rica de antioxidantes como a quercetina, a rutina, a zeatina e o ácido clorogênico e beta-sitosterol.

Em estudos recentes independentes demosntraram que o pó das folhas da moringa alcançou um ORAC (sigla em inglês para Capacidade de Absorção do nosso Organismo) superior a qualquer outro alimento antioxidante da lista: superou o açaí, amoras, chocolate escuro e chá verde.

Quer conhecer outro alimento rico em antioxidantes e seus benefícios? Conheça o poder da Pimenta!

Reduz Inflamações

Os flavonoides, isotiocianatos e ácidos fenólicos presentes nas folhas, vagens e sementes da moringa representam seu grande potencial anti-inflamatório.
O diabetes geralmente causa problemas circulatórios que podem ser administrados através de suplementos inibidores de inflamações, tornando os suplementos a base da Moringa uma ótima opção natural para essas pessoas administrarem o açúcar no sangue e cuidar dos sintomas da diabetes.
Quem sofre com úlceras estomacais, artrites e edemas pode ainda se beneficiar das características naturais anti-inflamatórias da planta, que inibem os sintomas dessas condições.
A Moringa conta também com propriedades diuréticas, antibacterianas e antivirais, regula o sistema digestivo (prevenindo diarreia ou prisão de ventre) e promove a nutrição do sistema imunológico do corpo.
As vantagens da utilização da planta moringa para a saúde são tantas que renderiam um – ou dois – livros extensos.
Porém, estes benefícios só são aproveitados de verdade se ela for consumida (e manejada) da maneira correta.
Como aproveitar os benefícios da Planta Moringa
As folhas e talos da moringa podem ser consumidas em saladas, chás, refogados e preparações, mas é na forma de farinha que se concentra a maior parte das suas propriedades.
As cápsulas de farinha da Planta Moringa são obtidas através de um processo que começa em seu cultivo, passando pela secagem das folhas até o processo de moagem.
O plantio correto e a secagem realizada em estufas com temperaturas controladas são fundamentais neste sentido.
Este processo permite que as propriedades naturais da planta sejam preservadas e concentradas, garantindo que você retire o máximo dos nutrientes.
É bem verdade o que citei no início: o alimento que escolhemos ingerir atua diretamente na nossa saúde.
Porém, a qualidade deste alimento também está ligada ao caminho pelo qual ele passa até chegar à nossa mesa. Lembre-se disso ao escolher o que você está colocando dentro do seu corpo.
A Moringa oferece uma combinação como nenhuma outra, capaz de lidar com praticamente qualquer doença, além de se mostrar uma fonte poderosa de nutrientes e na manutenção da nossa imunidade.
Sem dúvidas, uma ótima opção àqueles que desejam complementar sua alimentação em busca de uma vida plena e saudável.

A moringa oleífera é usada tradicionalmente para:

Estimular as defesas do corpo
Aumentar a Imunidade
Desintoxicar o corpo
Reduzir o inchaço
Aumentar os níveis de energia
Controlar o peso, reduzindo o apetite
Facilitar a digestão
Manter a Diabetes Controlada
Promover a pele saudável
Aliviar as dores de cabeça
Aliviar os sintomas da menopausa
Prevenir a perda de cabelo
Ao longo dos séculos a planta vem sendo utilizada como remédio para tuberculose, diabetes, dores crônicas, epilepsia, bronquite, anemia e a hipertensão arterial, além de outras condições como: tosse, asma, menopausa, fibromialgia e artrite, entre outras.

Benefícios

O poder antioxidante da moringa oleífera

Um dos principais atrativos da moringa é o seu considerável poder antioxidante. Usando o método de teste conhecido como ORAC (capacidade de absorção de radicais de oxigênio) a erva tem um valor que oscila em torno de 50.000 unidades por cada 100gr, o que a faz a planta com o valor ORAC das mais altas conhecidas atualmente.

Os antioxidantes combatem aos radicais livres e protegem nossas células contra o envelhecimento e doenças degenerativas.

A moringa também possui um grande poder antibacteriano que se concentra especialmente no pó de suas sementes. Uma arma natural poderosa para combater as infecções, que aumentou a popularidade desta planta completa nas populações mais pobres e com maiores problemas alimentares.

Devido às suas propriedades terapêuticas o extrato da erva contém ingredientes que atuam como anti-inflamatório natural no tratamento das dores crônicas, sendo bastante utilizada como remédio para fibromialgia.

Mantem a Diabetes Controlada

O extrato concentrado pode ajudar a combater a diabetes, de acordo com um estudo publicado no Journal of Diabetes em 2012. Em testes clínicos, os cientistas observaram que a doença foi controlada após o tratamento com a erva.

O nível elevado de açúcar no sangue aumenta o risco de diabetes e doenças cardíacas. Combinada com uma dieta saudável, a planta pode ser muito benéfica para ajudar a tratar e prevenir a diabetes. Como um bônus adicional, açúcar equilibrado no sangue significa mais energia ao longo do dia, menos irritabilidade e alterações de humor.

Uma planta rica em aminoácidos e minerais

Para aqueles que procuram aumentar a sua ingestão de aminoácidos e proteínas de origem vegetal, na moringa encontrarão uma boa aliada. Esta planta catalogada como superalimento é uma boa oferta para o corpo de proteínas diretas para melhorar a pele e os nossos tecidos cartilaginoso, graças à concentração de aminoácidos essenciais presentes em suas folhas. Vegetarianos e, especialmente, veganos podem aumentar sua ingestão de proteínas, acrescentando em sua dieta a moringa.

A moringa soma também grande quantidade de minerais como potássio, ferro, zinco, potássio e cálcio, um elemento-chave para controlar a pressão arterial, fortalecer os ossos e prevenir algumas doenças como a osteoporose. Junto com o magnésio presente na moringa trabalham como um conjunto perfeito facilitando a absorção de minerais em nosso organismo.

Além disso, a planta é uma excelente fonte natural de vitaminas, já que pode nos proporcionar as vitaminas A, B, C, E e K, além de outros minerais e nutrientes como triptofano e selênio.

Aliada contra o envelhecimento da pele

As folhas secas da planta são um grande presente para a saúde da pele por seus efeitos nutritivos e sua capacidade de rejuvenescimento. A indústria de cosméticos já incluí esta erva entre os componentes de seus produtos pela sua força para evitar o aparecimento de rugas e linhas de expressão, além de sua capacidade de fortalecer as estruturas celulares.

Conhecida como uma das plantas medicinais mais completas, a moringa também ajuda na luta contra a desnutrição em países assolados pela fome. Suas propriedades nutricionais, o seu paladar agradável e a possibilidade de explorar praticamente todas as partes da erva, a tornou um componente base da alimentação de determinadas áreas, como o Haiti, Senegal ou Mali, onde seu cultivo é a chave para combater a desnutrição.

O uso da moringa para emagrecer

A moringa é um superalimento que oferece muitos aspectos positivos, além do seu poder de cura, a planta também serve para emagrecer. Isto porque, contém uma quantidade imensa de nutrientes vitais e uma dose muito baixa de gorduras.

Além disso, o consumo da planta acelera o metabolismo, facilita a digestão e reduz a fome por causar sensação de saciedade. E também controla os níveis de açúcar no sangue, sendo bastante recomendada para pessoas diabéticas.

Chá da planta

O chá de moringa é preparado com a infusão das folhas secas da planta. As folhas secas podem ser encontradas em lojas e casas de produtos naturais.

Mas para usufruir dos benefícios medicinais da erva, seria necessário consumir grandes quantidades do chá diariamente. Por isso, o recomendado é consumir as cápsulas da planta.