R$ 7,60

Bok choy, parece nome de companhia de ballet russo, mas na verdade trata-se de uma acelga chinesa muito saborosa e crocante! Pena que os portadores de problemas na tireóide não podem se beneficiar muito com o consumo dela, mas como dizem: “um pouquinho só não faz mal a ninguém”! (Difícil é comer só um pouquinho…)

Nesse artigo vamos falar mais sobre esse vegetal bastante saboroso, nutritivo e completo no quesito vitaminas e minerais. O Bok Choy possui, além de vitaminas, substâncias antioxidantes que previnem o câncer e ajuda a combater os radicais livres.

Por isso, vamos aprender também algumas receitas bem simples e também como plantar, para termos em nossa própria casa. Mas antes, vamos explicar um pouco mais sobre origem e variedades dessa planta.

Do que se trata?

Bok Choy ou couve da China, é um vegetal da família do repolho, tem origem ocidental e é muito usado na culinária oriental. Devido à sua variedade, em cada região tem um nome diferente e é dividido em duas subespécies:

  • Brassica rapa pekinensistem formato de repolho, folhas largas, cor clara e folhas verdes escuras na ponta. É conhecida por “napa” (palavra japonesa), couve-aipo, acelga-chinesa, repolho-chinês, “nappa cabbage”, “celery cabbage” (inglês) e pe-tsai.
  • Brassica rapa chinensisapresentam folhas separadas, verdes escuras e normalmente é chamada de pak-choi, bok-choi, tsoi sum, “chinese mustard”, “chinsensai” (japonês) ou “celery mustard”.

Benefícios do Bok Choy

O Bok Choy é rico em nutrientes, vitaminas e minerais, tem baixa caloria e antioxidantes que conferem muitos benefícios para a saúde. Dentre eles podemos relacionar:

Anti-inflamatório

Os antioxidantes, ácidos graxos e ômega 3 aliados à vitamina K e aos fitonutrientes contidos na acelga chinesa ajudam na prevenção e tratamento de inflamações crônicas.

Antioxidante

Possui vitaminas A, C, manganês, zinco, fitonutrientes e flavonóides que são considerados substâncias antioxidantes. Possui também alguns ácidos fenólicos como quercetina, kaempferol e isoramnetina que combatem os radicais livres.

Prevenção do câncer

Parente do repolho e demais vegetais crucíferos, a acelga chinesa possui as mesma substâncias anticancerígenas que protegem as células de mutações e danos celulares. Tanto que o seu consumo é fortemente recomendado para evitar o surgimento de câncer de próstata, cólon, pulmão e mamas.

Saúde do sistema cardíaco

Cálcio, magnésio e potássio em conjunto ajudam a diminuir a pressão arterial de forma natural. Além desses nutrientes, a acelga chinesa contém vitamina B6 e folato que previnem o acúmulo de homocisteína, causadora de problemas cardiovasculares.

Além da quantidade abundante de vitamina C, a acelga chinesa também é rica em selênio que estimula a produção de substâncias que impedem a formação de infecções.

Saúde dos olhos

Devido à presença de vitamina A e betacaroteno, a acelga chinesa também é indicada na prevenção de diversos problemas oculares. >

Saúde dos ossos

Dentre as vitaminas contidas na acelga chinesa, a vitamina K é a principal no combate à fratura dos ossos, pois ela é responsável pela absorção do cálcio ingerido na alimentação.

Saúde da pele

Além da vitamina C que ajuda a produzir o colágeno essencial para a firmeza e beleza da pele, a acelga chinesa também possui substâncias antibacterianas que ajudam a combater eczema e acnes.

Gravidez saudável

O folato é uma substância importante no desenvolvimento no bebê e para a saúde da mãe. Por isso o consumo de acelga chinesa, bem como de os outros vegetais com folhagem verde escura, é importante para a saúde da mãe e do bebê.