R$ 12,60

Barbatimão é uma poderosa planta medicinal muito conhecida e utilizada pela medicina popular para tratamento de feridas e hematomas na pele. O banho com a fervura de Cascas de Barbatimão é utilizado para lavar feridas e úlceras abertas, pois diminui a sensação da dor, reduz o inchaço e os hematomas na pele.
As propriedades do Barbatimão incluem uma ação cicatrizante sobre a pele e mucosas, anti-inflamatória, antimicrobiana, antibacteriana, antioxidante, analgésica, antiparasitária, desinfetante e coagulante.
O Barbatimão também conhecida como Barbatimão-verdadeiro e ubatima. O uso da casca fervida geralmente é destinada a banhos.

ATENÇÃO: Não é aconselhável a ingestão da bebida como chá, pois possui alta concentração de tintura que a médio prazo provoca envenenamento.

A Universidade Federal de Alagoas conseguiu a primeira patente pelo uso da conhecida planta barbatimão para o tratamento e cura de afecções causadas pelo vírus HPV (papiloma vírus humano), um dos causadores de câncer do colo do útero nas mulheres. A concessão foi feita pelo instituto americano The United States Patent and Trademark Office. O estudo, desenvolvido durante 12 anos por quatro pesquisadores da instituição, resultou numa pomada com atividade anticarcinogênica e que foi aplicada em pacientes do Hospital Universitário que obtiveram 100% de cura sem apresentar efeitos colaterais e recidiva.

O barbatimão (Stryphnodendron adstringens) é um vegetal comum na flora do litoral brasileiro, mas para o estudo científico, as plantas foram coletadas na zona da mata e a preparação do extrato para confecção da pomada foi realizada nos laboratórios da Ufal. O estudo foi desenvolvido pelos pesquisadores Luiz Carlos Caetano, do Instituto de Química Biotecnologia (IQB); Pedro Accioly de Sá Peixoto Filho, do Centro de Ciências Agrárias (Ceca); Zenaldo Porfírio da Silva, do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS); e Manoel Álvaro, da Faculdade de Medicina (Famed).