Baixou o preço
R$ 29,99 R$ 32,90

O mirtilo (Blueberry) é considerado o fruto da longevidade, devido ao seu alto poder antioxidante.

Nesta geleia, há pura polpa da fruta, sem nenhum aditivo químico e sem adição de açúcar, o que favorece aqueles com restrição aos alimentos doces.

Benefícios do Mirtilo (Blueberry):

Mirtilo é uma fruta pouco consumida. Riquíssima em nutrientes, também comumente conhecida como blueberry e vendida na forma congelada.  A novidade é que é possível cultivar a fruta no Brasil. Alguns hortifrutis nas principais capitais do país já comercializam a fruta ¨in natura¨. O mirtilo tem muitas propriedades benéficas à saúde, confira:

Forte ação antioxidante e combate ao envelhecimento precoce. O mirtilo é rico em antioxidantes como os flavonoides, antocianidinas e resveratrol. Os antioxidantes são essenciais para combater os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce e o desenvolvimento de algumas doenças.

Valor nutricional. Fornece vitaminas A, C, E e minerais como potássio, cobre, ferro e zinco.

Ação anti-inflamatória e proteção celular. Um estudo publicado no Journal of Nutrition em 2009 mostrou que o mirtilo atenua a resistência à insulina e protege contra a inflamação do tecido adiposo em ratos alimentados com uma dieta rica em gorduras (dieta obesogênica). Esses efeitos benéficos do mirtilo podem ser resultado da habilidade das antocianidinas do mirtilo ajudarem a regular genes inflamatórios. Essa pesaquisa sugere que o mirtilo tem ação de proteção celular e anti-inflamatória, conferindo benefícios ao metabolismo no combate às patologias associadas à obesidade.

Ação anticâncer. O mirtilo contêm ainda ácido elágico e polifenóis. Esses componentes estimulam os mecanismos de eliminação de substâncias cancerígenas.

Saúde Cardiovascular. O resveratrol presente no mirtilo ajuda a prevenir processos oxidativos que levam a formação de aterosclerose (placas de gordura nas artérias). Um estudo publicado no periódico Circulation em janeiro deste ano sugeriu que o consumo regular (3 vezes na semana) de mirtilos e morangos podem diminuir o risco de ataques cardíacos em mulheres. Os pesquisadores encontraram uma redução de praticamente um terço no risco de ataque cardíaco em mulheres que consumiam essas frutas regularmente. Os pesquisadores acreditam que essa ação pode ser resultado dessas frutas oferecerem grande quantidade de flavonoides, compostos com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, protegendo a saúde cardiovascular. A antocianidina também pode contribuir na redução da formação de placas de aterosclerose, o que favorece também o fluxo sanguíneo.

Regulação da glicemia. O mirtilo tem baixo índice glicêmico, contribuindo na regulação da glicemia (açúcar do sangue). É uma excelente alternativa para pessoas que apresentam diabetes ou com intolerância à glicose

Baixo valor calórico. A cada 100 gramas = 32 calorias. O que torna a fruta uma aliada nas dietas de emagrecimento.